Profª. Adriana Calvo - Direito do Trabalho
ÁREA RESTRITA A ALUNOS
Facebook
Twitter
Youtube
Busca

Notícias

TST nega pedido dos Correios para suspender greve
Ministro do tribunal, porém, determinou efetivo mínimo de 30%. TST marcou audiência de conciliação para esta quinta (24).
21/09/2009
Arquivo Notícias
Funcionários dos Correios que estão em greve se encontraram nesta segunda (21) em frente à Catedral de Brasília, na Esplanada dos Ministérios

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) negou nesta segunda-feira (21) pedido da Empresa de Correios e Telégrafos para que a greve da categoria fosse considerada abusiva e, dessa forma, acabasse suspensa. Em assembléias regionais realizadas na semana passada, os grevistas negaram a última proposta, que previa reajuste de 9%. Entre outros pontos, os funcionários exigem reajuste salarial de pouco mais de 40%.

Em sua decisão, o ministro João Oreste Dalazen, porém, atendeu a solicitação da direção da empresa ao determinar que todas as unidades dos Correios mantenham um percentual mínimo de 30% de funcionários, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.
Fonte: Diego Abreu Do G1, em Brasília
Calvo e Fragoas Advogados
MATRIZ
Edifício Metrópolis
Itapecuru 645 - sala 1325
Alphaville Industrial Barueri SP CEP 06454-080
Tel: 11 4195-8130
FILIAL
Av. Paulista 726, 17º Andar, Cj. 1707-D
Bela Vista São Paulo SP CEP 01310-910
Tel: 11 3254-7516
Fax: 11 3254-7628
Powered By Vexxo